sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Beja - Ontem e hoje

Ora cá vamos de regresso ao passado. Hoje trago-vos uma imagem de um lugar popularmente conhecido como "meia-laranja", uma espécie de lugar da "má língua", bem no coração das Portas de Mértola.
Esta imagem, já a cores deve datar de meados dos anos 80's. Ainda existia circulação automóvel neste local, algo que felizmente veio a desaparecer. Uma casa que sempre conheci, a Papelaria Correia, era uma referência neste local.

(foto recebida por mail)


Já de cara lavada, o edifício viu desaparecer a vestuta Papelaria Correia pelas modernices da Papelaria Fernandes. Vejo, com agrado, que a afixação de publicidade já não é tão agressiva e sem lei como o era há anos atrás. Os automóveis deixaram de circular e foi criada uma ampla zona pedonal. Curiosamente o marco do correio mantém-se no mesmo local.


(foto: jocasipe)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Alta tecnologia - Nova Invenção

Ora aqui está uma GRANDE ideia.

Creio que é exclusivo do Feira Nova, e vai fazer furor de certeza.

(imagem recebida por mail)

Só não entendo para que raio uma fritadeira eléctrica necessita de um Disco de 250 Gb, controladores, software, cabo usb..... E o processador, qual é?????

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Baixo Alentejo

Nascido e criado em Beja, capital do Baixo Alentejo, sempre nutri um gosto particular por esta cidade que me viu nascer.

Também sempre a soube quase abandonada à sua sorte, fruto de politicas nada condizentes com uma capital de distrito (o maior do país!). Não é pois difícil enumerar exemplos de situações onde Beja, a cidade, tenha sido preterida a favor de Évora, por exemplo.

Talvez por isso, ultimamente tenho assistido a uma perspectiva de desenvolvimento que muito me apraz registar. Creio que teremos condições de proporcionar um melhor futuro aos nossos filhos, sem terem necessidade de procurar longe da sua terra o indispensável trabalho.

Nos dois últimos fins-de-semana, fiz uma coisa que gosto particularmente: ir passear nesta imensa planície. Deixar o alcatrão para trás e, quase sem rumo, explorar o terreno adjacente.
Foi bom. Principalmente porque vejo que a água de Alqueva já está a chegar bem perto. Os campos cultivados (por espanhóis ou portugueses, não interessa) têm outro elan. E o aeroporto de Beja está a avançar.

Tenho esperança num futuro melhor.

(fotos: jocasipe)

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Natal sem presépio

Este ano não vai haver presépio!

Lamentamos mas:

- Os Reis Magos lançaram uma OPA sobre a manjedoura e esta foi retirada do estábulo até decisão governamental;

- Os camelos estão todos no governo;

- Os cordeirinhos estão tão magros e feios que não podem ser exibidos;

- A vaca está louca e não se segura nas patas;

- O burro está na Escola Básica a dar aulas de substituição;

- Nossa Senhora e São José foram chamados à Escola Básica para avaliar o burro;

- A estrelinha de Belém perdeu o brilho porque o Menino Jesus não tem tempo para olhar para ela;

- O Menino Jesus está no Politeama em actividades de enriquecimento curricular e o tribunal de Coimbra ordenou a sua entrega imediata ao pai biológico;

- A ASAE fechou temporariamente o estábulo pela falta da manjedoura e, sobretudo, até serem corrigidas as péssimas condições higiénicas do mesmo, de acordo com as normas da UE.

Beja - Ontem e hoje

Regresso hoje a um dos meus tópicos favoritos, o confronto visual entre o passado e o presente na cidade de Beja. A primeira imagem mostra o local onde veio a ser construído o actual edifício da Caixa Geral de Depósitos, como a legenda indica. Deste angulo podemos ver o amontoado da casas que foram sendo construídas ao redor da muralha da cidade. Pode-se ainda observar, no lado esquerdo, um pouco do edifício do Banco de Portugal, que continua sem ocupação. O jipe, militar creio, deveria ser um dos poucos veículos da cidade.


Agora quase tudo mudou. A fachada do edifício da CGD ocupamos todo o angulo de visão. Os automóveis, então... - cresceram e multiplicaram-se!


(fotos: recepção por mail e jocasipe)

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Com a proximidade do Natal...

Aproxima-se a época festiva, Natal e Final do Ano.

Considerando a minha qualidade de pessoa importante e organizada, comunico a todos vós, meus amigos, colegas e admiradores, e toda a sorte de pessoas que de uma ou de outra forma gostariam de ter a honra de me oferecer algo para que possam ser por mim eventualmente recordados, que já estou disponíve, das 16 às 18, (todos os dias), para receber os vossos presentes.

Ciente de que este aviso vos é de extremo interesse e importância, e tomando em consideração a experiência dos anos idos, em que se formaram longas, perturbantes e trabalhosas bichas em frente ao meu gabinete para a entrega de presentes, apelo , sinceramente, para que cenas como essas não voltem a repetir-se e espero que pautem pelo civismo, urbanidade nas vossas entregas. Evitem correrias de última hora e a desilusão de não me poderem oferecer um presente!
Admite-se também a entrega de apenas um presente por pessoa.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Telegrama


Desafio II

Ora bem, hoje é dia de responder aos desafios que me tem sido lançados pela comunidade "blogueira" nos últimos tempos. Confesso que não sou muito adepto destas coisas, e tenho pouco jeito para isso. Depois do post anterior, vem agora a resposta ao desafio do Zizas, espero corresponder, pois o desafio é escrever 5 frases surreais e passa-lo a 5 pessoas. Como não tenho grande jeitinho para estas coisas, escrevi algumas que gostaria que deixassem de ser surreais, e passassem a reais. Noutras coloquei um pouco de humor, pois quem me conhece pessoalmente sabe que sou uma pessoa bem divertida, e não é fácil estar perto de mim sem dar uma boa gargalhada. Ora vamos lá:

1 – O mundo, tal como o conhecemos, acaba hoje. A partir de amanhã, não mais existirá ódio, e os Homens trabalharão de mãos dadas.

2 – Mais vale uma na mão que duas no soutien.

3 – Se eu vou para ali, deixo de estar aqui!

4 – Basta um whisky para ficar bêbado. Nunca sei se é o 9º ou o 10º…

5 – Portugal é um País perfeito!


Não enumero 5 blog's para continuarem o desafio, mas convido todos os que se sentirem motivados a tal.

Desafio

Por norma não gosto de seguir correntes, e poucas vezes respondo a desafios. No entanto, estou em falta em alguns desafios que me tem feito na comunidade "glogueira". Vou tentar por a escrita em dia e começo pelo desafio que me foi proposto pela rubina.

O que te choca: O abuso de crianças.
O que te arrepia: O esferovite a roçar numa superficie.
O que te excita: Uma loira que todos os dias se deita a meu lado.
O que te solta: O mar, o campo, enfim a natureza.
O que te faz rir: Uma piada inteligente.
O que te faz chorar: A insensatez humana.
O que te causa náuseas: O cheira a migas.
O que te falta para seres feliz: Chegar ao fim da vida e pensar: Valeu a pena!
O que te traz infelicidade: A inveja, o ódio, o Sócrates.
O que te magoa: A mentira.
O que desejas: Felicidade.
O que receias: Perder a sanidade mental.
O que não queres perder: O bom senso.
O que queres alcançar: A felicidade.
Uma data que abomines: 17 abril.
Uma festividade que adores: Dia dos namorados :-)
Uma qualidade que aprecies numa pessoa: A honestidade.
Uma característica que abomines numa pessoa: A inveja.
Uma mentira que tenhas dito: Já tenho dito algumas, mas geralmente são piedosas.
Uma nostalgia: A minha infância.

Não vou passar a ninguém em particular, antes deixo a desafio a todos os que me visitam. Estejam à vontade e partilhem um pouco daquilo que são. Se possivel informem.

domingo, 9 de dezembro de 2007

Gosto delas

Por manifesta falta de tempo não tenho cá vindo. E, o FDS terminou...

(foto: jocasipe)

Apresento-vos a "dominadora"! Está vigilante, a saber o que a filha faz. É natural, pois a net tem alguns perigos.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Beja - Ontem e hoje

É talvez a mais nobre entrada da cidade de Beja. A Erminda de Santo André, situada na Rua de Lisboa esteve muitos anos em estado muito degradado, ameaçando mesmo a ruína.
Era um péssimo cartão-de-visita para quem entrava em Beja por aquela artéria.
Recordo-me que nas traseiras daquele local muitas vezes joguei à bola, ao berlinde, ao funcho, ao apanha e a tantas outras brincadeiras do meu tempo de criança.


(foto recebida por mail)

Felizmente, houve bom senso de, a tempo, se fazer uma recuperação profunda daí resultando num espaço bem agradável, e um bom postal da cidade para quem entra por aquela via. Ao invés do que acontecia na minha infância, já não se observam miúdos a brincar (devem estar na playstation, ou no PC). Ocasionalmente vejo "velhos" apanhando um pouco de sol ou a jogar à malha. Ao menos dinamizam o espaço circundante da Ermida que está fechada... não sei por que razão...

(foto: jocasipe)

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Fotografias que fizeram história (XII)

Triunfo dos Aliados
Esta fotografia do triunfo dos aliados na segunda guerra, onde um soldado Russo agita a bandeira soviética no alto de um prédio, demorou a ser publicada, pois as autoridades Russas quiseram modificá-la. A bandeira era na verdade uma toalha de mesa vermelha e o soldado aparecia com dois relógios no pulso, possivelmente produto de saque. Sendo assim foi modificada para que não ficasse feio para os soviéticos.



Novoeiro

O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica informa que:

Devido ao intenso novoeiro que hoje se abate sobre o País não se conseguirá ver a ponta de um corno.

Oriente-se pela outra.

Control - The story of Ian Curtis

Uf. Consegui!

Finalmente vi o filme Control.

Ao invés do que muitos pensam, não é a história dos Joy Division que é retratada. Antes, a vida de Ian Curtis, mais humano que mito.

Sei que sou suspeito, pois a Joy Division sempre foi "a minha banda", mas adorei o filme. Já estava desesperado, pois tinha estreado hà dias e eu sem o ver. Ao que me constou virá até esta minha cidade apenas em Janeiro/08 (ok, já meti a cunha), mas eu não aguentaria até lá, pelo que meti mãos à obra e lá fui adquiri-lo. A história foi o que esperava, com alguns pormenores que desconhecia. A fotografia, a preto e branco, é excelente, ou não tivesse sido realizado pelo fotógrafo Anton Corbijn. Quanto à banda sonora... uí! Espectáculo!

Hoje acho que vou rever.

Control - Um filme a ver, num cinema ou num PC perto de si!
PS: Muito boa esta crónica sobre o filme.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Beja - ontem e hoje

Actual Avenida Miguel Fernandes. Era bem diferente há + de 50 anos...

(foto recebida por mail)


(Foto: jocasipe)

Uma vez mais o enquadramento não foi o ideal.... enfim. Mas podemos verificar que alguns traços se mantem inalteraveis!

Curioso.



Vollant

Já conheço o Luis Carlos à mais de 20 anos. Recordo-me de ir a sua casa, curtir umas boas guitarradas. Tempos de escola...

Depois dos Ex Oriente Lux, o Luis Carlos ainda participou noutros projectos, e agora está de regresso com o projecto Vollant.


Amanhã à noite, o Pax Julia - Teatro Municipal de Beja irá receber esta banda Bejense num concerto que conta com 2 convidados especiais: Zé Pedro e Kalu do Xutos e Pontapés.

A não perder! Saiba mais aqui e aqui.

Telecomando masculino

Já procurei na Worten mas não encontrei....

(imagem recebida por mail)

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Fotografias que fizeram história (XI)

The Falling Man

The Falling Man é o título de uma fotografia tirada por Richard Drew durante os atentados do 11 de setembro de 2001 contra as torres gêmeas do WTC. Na imagem pode-se ver um homem atirando-se de uma das torres. A publicação do documento pouco depois dos atentados irritou a certos setores da opinião pública norte-americana. Acto seguinte: a maioria dos meios de comunicação autocensurou-se, preferindo mostrar unicamente fotografias de atos de heroísmo e sacrifício. Ah sim... Mas eles passaram exaustivamente na TV a morte de Saddam...

Figuras

Realmente! As figuras que um gajo faz para conquistar uma rata....


(imagem recebida por mail)

domingo, 25 de novembro de 2007

Dona Leonor

No centenário de D. Leonor, 1958

O programa das comemorações incluía a inauguração de uma estátua em Beja, lugar de nascimento da Rainha. O escultor escolhido foi Álvaro de Brée, e eu fui incumbido de acompanhar a realização do trabalho.
Fui, por isso, muitas vezes ao estúdio. O primeiro projecto desagradou-me muito: uma rainha imponente, arrogante, majestosa A fonte de inspiração era, possivelmente, a estátua das Caldas da Rainha, da autoria de Francisco Franco, mas esta versão era ainda mais altiva e imperiosa Álvaro de Brée era um homem culto e compreensivo, sempre atento à razão dos outros. Aceitou, de bom grado, a minha crítica: o que se pretendia homenagear não era a Rainha de Portugal, esposa do rei D. João li, mas a fundadora das Misericórdias, a mater-dolorosa que viu morrer; na força da juventude, o único filho
que tinha, a esposa infeliz, viúva malfadada que se viu denunciada de cúmplice na morte do marido, a mulher caridosa cobrindo com seu manto todas as dores, enxugando as lágrimas, dando de comer a quem tem fome e de beber a quem tem sede, como dizem os catecismos cristãos.
Serão após serão, o escultor ia ouvindo, paciente, as minhas razões, e com as espátulas ia-as transferindo para o barro obediente da maquete. E sobre o assunto eu mantinha toda a confidencialidade que evidentemente se impunha.
A inauguração do monumento foi um acta solene, em que estiveram presentes muitos membros do Governo. A estátua agradou muito. Vários oradores teceram os mais calorosos e comovidos elogios. O último a falar foi o escultor, que não era dotado do dom da eloquência.
Foi por isso muito breve, rude, sincero:
Agradeço muito os elogios que me fizeram, mas acho que não os mereço. Eu só fui mãe da estátua. O pai foi o Dr. José Hermano Saraiva, e até acho que ela sai mais ao pai do que à mãe.


In
Álbum de Memórias de José Hermano Saraiva
Anos 40 e 50


A ideia deste post já tinha barbas e estava na forja. Proporcionou-se amíude devido a um outro post.

Beja - ontem e hoje

Já não postava imagens confrontadas com o tempo desde setembro mas, em minha defesa, tenho a avaria da minha "capturadora de imagens".

Resolvi retormar, embora a foto que apresente não tenha o enquadramento que mereceria. Vale pela documentação.

Tem quase 60 anos esta imagem. Quem conhece Beja passa por lá muitas vezes. (imagem recebida por mail)
1948 - 2007. E uma história imensa passou por cá, né? (foto: jocasipe)

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Redassão


Redassão: "O mano"

Quando eu tiver um mano, vai-se chamar Herrare, porque Herrare é o mano.



Fim.

Dakar 2008

Já é conhecida a localização das etapas portuguesas da edição 2008 do maior rali do mundo. O Lisboa-Dakar 2008, será em moldes algo diferentes dos anos anteriores. Este ano, não há passagem (em competição, claro) pelo Alentejo. Quem quiser ver, ou vai ao Ribatejo, ou ao Algarve. Creio que optarei pela 2ª hipotese. Aqui fica o percurso completo.

O Lisboa-Dakar vai disputar duas etapas em solo nacional. Se a segunda etapa não é novidade para ninguém, uma vez que repete a especial do ano passado. Já a etapa inaugural é completamente nova e vai disputar-se no Ribatejo, mais propriamente na Lezíria.
Vai ser uma classificativa onde o publico não vai poder deslocar-se de carro até ao local. Quem quiser assistir aos primeiros quilómetros do “Dakar” 2008 ao vivo, vai ter de se deslocar nos autocarros que a organização vai por a disposição. Aqui fica toda a informação necessária para aceder as etapas nacionais do Lisboa-Dakar.

Especial das Lezírias
, primeira em solo português, que decorrerá no dia 5 de Janeiro de 2008, será montado um dispositivo com base nos seguintes elementos chave:
Meio de acesso prioritário à 1.ª Especial: Zona 1 Vindo de Norte: Ponte da Lezíria (A10), A13, Vindo de Sul: A13 Estes acessos vão permitir aceder a “pontos de encontro” nos concelhos de Benavente e Montijo, em Samora Correia e Canha, respectivamente.
Estarão abertos a partir das 12 horas do dia 4 de Janeiro e nestes pontos far-se-á a recepção dos espectadores, onde cada Município e respectivas Freguesias terão programas de animação especialmente pensados para receber os espectadores do Lisboa-Dakar, que poderão desfrutar de momentos de verdadeira festa.
Zona 2 Vindo de Norte: Ponte Vasco da Gama (A12) Vindo de Sul: A2, IC32 Estes acessos vão permitir aceder ao Ponto de Encontro Alcochete. A partir das 4 horas da manhã de dia 5, através de autocarros disponibilizados pelos municípios e com o apoio da Vimeca, iniciar-se-á o transporte gratuito do público para as zonas espectáculo nos seguintes binómios: Ponto de encontro Samora Correia – Zona espectáculo Companhia das Lezírias e Zona espectáculo Brisa Ponto de Encontro Canha – Zona Espectáculo a designar Ponto de Encontro Alcochete – Zona espectáculo CofidisA Especial terá início às 8h30 horas do dia 5 de Janeiro e terminará por volta das 17h30, proporcionando 6 horas de emoção e experiências aos espectadores presentes. Os concorrentes irão encontrar pela frente uma especial rápida, ao estilo das típicas bajas portuguesas, onde ao contrário de 2007 haverá pouca areia a transpor. De salientar que Brisa, Cofidis e Companhia das Lezírias terão montadas também animações em cada uma das respectivas zonas espectáculo. A partir das 12h30, o transporte dos espectadores passará a ser feito exclusivamente no sentido Zona Espectáculo –> Ponto de Encontro. Logo após o final da especial entrarão equipas de limpeza das Câmaras Municipais de Alcochete, Benavente e Montijo bem como equipas da Ipodec iniciando-se desde logo a limpeza e recuperação dos locais.


No dia 6, realiza-se a segunda especial em solo português. O modelo de sucesso da edição anterior volta a ser utilizado em 2008, com os concorrentes a terem de disputar uma etapa muito técnica num solo de montanha, predominantemente duro. Os camiões não disputam esta especial, seguindo directamente para o ferry que os levará a África.
Zona Espectáculo 1 – Sítio dos Guenos/Portimão Acessos: A partir do nó de Alvor na A22 optar na N532 por Sr.ª do Verde ou Casas Velhas. Zona Espectáculo 2 – Arriqueta/Monchique Acessos: Seguir as indicações com muita atenção depois de deixar a N267 (Portela da Nave) pois os acessos fazem-se por caminhos rurais. Zona Espectáculo 3 – Pardieiro/Monchique Acessos: Por Alferce, Fornalha, S. Marcos da Serra ou o Caminho Municipal 1077. Zona Espectáculo 4 – Portimão Acessos: Esta Zona Espectáculo tem acesso exclusivo através de autocarros gratuitos colocados em vários parques de estacionamento da cidade de Portimão.

(texto e imagens daqui)

Coisas da informática

Já lido com computadores há mais de 20 anos, ainda assim ainda me surpreendem!

Isto da informática tem coisas do arco da velha. Coisas que nem lembra ao Diabo!

Recentemente comecei a ter um problema deveras estranho num dos meus PC's caseiros (pois, são 4 e brevemente serão 5!). Então, querem saber que quando faço o log in neste blog, a partir do PC principal de casa, a janela fecha e reporta um erro, não me permitindo logar?!

O curioso da história é que isso só acontece no sistema XP. Se entrar pela Vista não há problema nenhum! tudo funciona do melhor. Acrece referir que o computador tem 3 partições, uma para o XP, outra para o Vista e a 3º para guardar dados. Gosto muito do Win Vista, mas como ainda tem problemas de compatibilidades com alguns programas mais antigos, optei por ter os dois sistemas instalados, e vou alternando consuante as necessidades.

Se alguém souber a solução, eu agradeço.


quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Happy When It Rains

Hoje levantei-me com esta música no ouvido... Deve ser da chuva.




Excelente esta música dos Jesus & Mary Chain, do album darklands de 87, que ainda tenho em vinil.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Fotografias que fizeram história (X)

Espreitando a morte

Em 1994, o fotógrafo Sudanês Kevin Carter ganhou o prêmio Pulitzer de foto jornalismo com uma fotografia tomada na região de Ayod (uma pequena aldeia em Suam), que percorreu o mundo inteiro. A figura esquelética de uma pequena menina, totalmente desnutrida, recostando-se sobre a terra, esgotada pela fome, e a ponto de morrer, enquanto num segundo plano, a figura negra expectante de um abutre se encontra espreitando e esperando o momento preciso da sua morte. Quatro meses depois, abrumado pela culpa e conduzido por uma forte dependência às drogas, Kevin Carter suicidou-se.

Karting

É uma paixão. E fui ter com ela.

Foi no sábado passado, aproveitando ainda a ausência do tempo invernoso, que fui até Vila Nova de Santo André, ao kartódromo para me deleitar com uma tarde de karting!

Na companhia dos meus "moços", que não tiveram medo de me defrontar em pista, lá "brincamos" pouco mais de 30 minutos. Conjuntamente, um grupo de 3 casais também usava a pista, o que permitiu um maior elan, ao evoluírmos no bonito traçado do SAKI.

O problema, é que havia 2 tipos com andamentos semelhantes aos meus, o que permitiu uma competitividade bem quente, e grandes doses de adrenalina. Foi fantástico. Andei sempre a fundo e adorei, pese embora ainda efectuasse 2 ou 3 pões, e uma ligeira saída de pista... é o que acontece quando passamos os limites... pois!

O pior veio depois. No domingo descobri, no meu corpo, músculos que nem sabia existirem. Dores musculares, dos "abanicos" do karting, deixaram-me em estado quase vegetativo. Doía-me tudo! Nem teclar no computador era possível pois doía mesmo tudo.

Segunda feira foi igual, mas agora já me fui medicar. Terça feira: As dores, lentamente, vão desaparecendo. Até já consigo "postar". Hoje até já penso - quando terei hipóteses de voltar a sentar-me num kart...

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Fotografias que fizeram história (IX)

Protesto silencioso


Thich Quang Duc, nascido em 1897, foi um monge budista vietnamita que se sacrificou até a morte numa rua movimentada de Saigon em 11 de junho de 1963. Seu acto foi repetido por outros monges. Enquanto seu corpo ardia sob as chamas, o monge manteve-se completamente imóvel. Não gritou, nem sequer fez um pequeno ruído. Thich Quang Duc protestava contra a maneira que a sociedade oprimia a religião Budista em seu país. Após sua morte, seu corpo foi cremado conforme à tradição budista. Durante a cremação seu coração manteve-se intacto, pelo que foi considerado como quase santo e seu coração foi transladado aos cuidados do Banco de Reserva do Vietnan como relíquia.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Control - Joy Division

Chega agora a Portugal o filme CONTROL, que conta a história de Ian Curtis, lider da banda que mais me influenciou na música, a JOY DIVISION!



Realizado pelo aclamado fotógrafo Anton Corbijn, segundo livro de Deborah Curtis, CONTROL conta a história do carismático vocalista dos Joy Divison Ian Curtis até ao momento trágico do seu suicídio. Com desempenhos de Samantha Morton (Relatório Minoritário) e Alexandra Maria Lara (A Queda – Hitler e o Fim do Terceiro Reich), o filme conta ainda com um desempenho notável de Sam Riley (24 Hour Party People) no papel de Ian Curtis.

Com banda sonora dos New Order e músicas originais dos anos 70 dos Joy Division, CONTROL documenta as relações de Ian Curtis com a sua mulher e com a sua amante, a sua batalha contra a epilepsia e o caminho para a fama dos Joy Division. (in www.7arte.net)

PS: Espero que este filme chegue a alguma sala de cinema de Beja, senão vou ter que o "sacar" da net...

sábado, 10 de novembro de 2007

Rural Beja - Feira do Outono

Este fim de semana há feira na cidade de Beja.
O Parque de Feiras e Exposições recebe até amanhã, dia 11, a Rural Beja - Feira do Outono. Uma mistura de feira tradicional com outras iniciativas interessantes, caso da Beja Sénior, ViniPax, RuralBio, Desafio Rural, espectáculos etc.


Cusiosa esta imagem.

A Associação Cantinho dos Animais tem cães para adopção.

O olhar expressivo não deixa ninguém indiferente.


Merece, ao menos que ajudemos estes verdadeiros amigos dos animais. Se não puder levar consigo um cão, contribua com uma(s) moedas para minimizar o sofrimentos dos cães abandonados...



(fotos: jocasipe)

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Sinais...

Este eu nunca tinha visto!

(foto: jocasipe)

Fiquei na dúvida: Será um sinal de ser perigoso dormitar? Que é de perigo, não tive qualquer dúvida mas os "ZZZ's" confundiram-me... ou será que era sinal de abelhas? ou...?

Também não o encontrei nos sinais de trânsito portugueses.

Já deve ter uns anitos, face ao seu estado de conservação, mas aí está ele, para as curvas.

Coisas da Lingua Portuguesa

Se o Mário Mata,
a Florbela Espanca,
o Jaime Gama
e o Jorge Palma,
o que é que a Rosa Lobato Faria?

E, já agora:

Talvez a Zita Seabra para o António Peres Metello...

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Vai um joguinho?

Vamos lá dar uns valentes pontapés neste gajo!



ps - post deliberadamente rapinado daqui.

De regresso

E cá estou de regresso.
Valeu este excelente fim-de-semana, com prolongamento, que me permitiu conhecer um pouco melhor este País magnifico que dá pelo nome de Portugal. Nestes dias pude conhecer o Luso, a Serra do Buçaco e Tomar. Confesso que não conhecia praticamente nada do centro de Portugal e fiquei encantado. A região centro é muito bonita. Nesta altura do ano, muitas árvores adquirem umas tonalidades pouco habituais o que, aliado aos magníficos dias de sol, proporciona um enquadramento de cores fantástico.
(foto: jocasipe)

Vale a pena ir para fora... cá dentro!

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Fotografias que fizeram história (VIII)

O homem do tanque de Tiananmen


Também conhecido como o "Rebelde Desconhecido", esta foi a alcunha que foi atribuído a um jovem anónimo que se tornou internacionalmente famoso ao ser gravado e fotografado em pé em frente a uma linha de vários tanques durante a revolta da Praça de Tiananmen de 1989 na República Popular Chinesa. A foto foi tirada por Jeff Widener, e na mesma noite foi capa de centenas de jornais, noticiários e revistas de todo mundo. O jovem estudante (certamente morto horas depois) interpôs-se a duas linhas de tanques que tentavam avançar. No ocidente as imagens do rebelde foram apresentadas como um símbolo do movimento democrático Chinês: um jovem arriscando a vida para opor-se a um esquadrão militar. Na China, a imagem foi usada pelo governo como símbolo do cuidado dos soldados do Exército Popular de Libertação para proteger o povo chinês: apesar das ordens de avançar, o condutor do tanque recusou fazê-lo se isso implicava causar algum dano a um cidadão.

domingo, 28 de outubro de 2007

Memorias de 1989

1989. Mais um ano em que fui ao autodromo do Estoril ver a Formula 1. Este ano teve a particularidade de ser o único em que levei camara de filmar. Fiquei, como era habitual, na geral sul, e pude assistir ao "toque" entre dois gerandes campeões: Ayrton Sena da Silva e Nigel Mansell. O inglês já tinha visto a bandeira preta, e deveria ter abandonado a corrida. Não o fez, provocou um acidente e foi suspenso na prova seguinte.




Só agora consegui retirar do VHS estas vestutas imagens.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Fotografias que fizeram história (VII)

O beijo da Time Square


O Beijo de despedida a Guerra foi feita por Victor Jorgensen na Times Square em 14 de Agosto de 1945, onde um soldado da marinha norte-americana beija apaixonadamente uma enfermeira. O que é fora do comum para aquela época é que os dois personagens não eram um casal, eram perfeitos estranhos que haviam acabado de encontrar-se. A fotografia, grande ícone, é considerada uma analogia da excitação e paixão que significa regressar a casa depois de passar uma longa temporada fora, como também a alegria experimentada ao término de uma guerra.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

World Series By Renault

Foi bom! Foi muito bom! Aliás, digo mais: Foi mesmo bom!

Excelente fim de semana nas corridas. O Autodromo bem composto de público, muita animação e corridas muito disputadas. Já estou à espera da próxima.



Para além das categoria rainha (3.5), ainda houve corridas dos 2.0, dos megane, mas o que fez as delicias dos 35 mil espectadores foi, sem dúvidas a exibição do F1 da Renault. Quando, no outro lado do atlântico se decidia o campeonato do mundo de Formula 1, no autódromo cheirava a F1, muitos anos depois...


(fotos: jocasipe)

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Ai vou eu

Está ai o fim de semana. Vou até ao Autodromo do Estoril para assistir às corridas do World Series by Renault. É uma jornada com várias corridas e com um programa de assinalável valia.

Para mim, o maior aliciante do programa é a possibilidade da entrada no padock, onde se observa bem de perto todo um mundo de pequenos pormenores, que estão na genese da competição automóvel.


(fotos: jocasipe)

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Combate à obesidade

Nos tempos actuais, um dos maiores combates da sociedade é a obesidade. Diariamente somos "bombardeados" com informações dos malefícios do excesso de gordura e, mais ainda, com "mil e uma forma" de fazer dieta. Tenho visto muitas, todas terão aspectos positivos e negativos. Por isso resolvi partilhar convosco uma nova forma de emagrecer que tomei recentemente conhecimento. Não sei se resulta a 100%, mas parece-me interessante. Da minha experiência pessoal, parece-me que os benefícios são óbvios. Não emagreci, é verdade, mas também não aumentei de peso. Causa e consequência? Talvez...


Para "adquirir" esta magnifica obra, aceder aqui.
PS - Tópico descaradamente surrupiado daqui.

Fotografias que fizeram história (VI)

O beijo do Hotel de Ville

Esta bela foto, que data de 1950, é considerada como a mais vendida da história. Isto devido à intrigante história com que foi descrita durante muitos anos: segundo se contava, esta foto foi tirada fortuitamente por Robert Doisneau enquanto se encontrava sentado tomando um café. O fotógrafo acionava regularmente sua câmara entre as pessoas que passavam e captou esta imagem de amantes beijando-se com paixão enquanto caminhavam no meio da multidão. Esta foi a história que se conheceu durante muitos anos até 1992, quando dois impostores se fizessem passar pelo casal protagonista desta foto. No entanto o Sr. Doisneau indignado pela falsa declaração, revelaria a história original declarando assim aquela lenda: a fotografia não tinha sido tirada a esmo, senão que se tratava de dois transeuntes que pediu que posassem para sua lente, enviando-lhes uma cópia da foto como agradecimento. 55 anos depois Françoise Bornet (a mulher do beijo) reclamou os direitos de imagem das cópias desta foto e recebeu 200 mil dólares.

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Corridas

Já no próximo fim-de-semana, o Autódromo do Estoril recebe a mais importante prova de automóveis do ano. É o World Series by Renault uma competição extremamente emocionante e serve como antecâmera da Formula 1. Já este ano, o jovem piloto Sebastian Vetel, que liderava o campeonato deu o salto para a F1. Na categoria mais importante temos 2 pilotos portugueses (Álvaro Parente e Filipe Albuquerque). Muitas corridas, exibições de Formula 1, exposição de viaturas de competição da Renault e muitas outras actividades prometem fazer as delícias de todos os que forem ao Autódromo no próximo fim-de-semana.

(foto: jocasipe)

Nesta imagem que tirei em 2005, vemos um dos pioneiros do sucesso da Renault na F1. A exposição estática de veiculos históricos desperta sempre muita curiosidade.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Fotografias que fizeram história (V)

A menina Afegã

Sharbat Gula foi fotografada quando tinha 12 anos pelo fotógrafo Steve McCurry, em junho de 1984. Foi no acampamento de refugiados Nasir Bagh do Paquistão durante a guerra contra a invasão soviética. Sua foto foi publicada na capa da National Geographic em junho de 1985 e, devido a seu expressivo rosto de olhos verdes, a capa converteu-se numa das mais famosas da revista e do mundo. No entanto, naquele tempo ninguém sabia o nome da garota. O mesmo homem que a fotografou realizou uma busca à jovem que durou exatos 17 anos. Em janeiro de 2002, encontrou a menina, já uma mulher de 30 anos e pôde saber seu nome. Sharbat Gula vive numa aldeia remota do Afeganistão, é uma mulher tradicional pastún, casada e mãe de três filhos. Ela regressou ao Afeganistão em 1992.