terça-feira, 20 de novembro de 2007

Karting

É uma paixão. E fui ter com ela.

Foi no sábado passado, aproveitando ainda a ausência do tempo invernoso, que fui até Vila Nova de Santo André, ao kartódromo para me deleitar com uma tarde de karting!

Na companhia dos meus "moços", que não tiveram medo de me defrontar em pista, lá "brincamos" pouco mais de 30 minutos. Conjuntamente, um grupo de 3 casais também usava a pista, o que permitiu um maior elan, ao evoluírmos no bonito traçado do SAKI.

O problema, é que havia 2 tipos com andamentos semelhantes aos meus, o que permitiu uma competitividade bem quente, e grandes doses de adrenalina. Foi fantástico. Andei sempre a fundo e adorei, pese embora ainda efectuasse 2 ou 3 pões, e uma ligeira saída de pista... é o que acontece quando passamos os limites... pois!

O pior veio depois. No domingo descobri, no meu corpo, músculos que nem sabia existirem. Dores musculares, dos "abanicos" do karting, deixaram-me em estado quase vegetativo. Doía-me tudo! Nem teclar no computador era possível pois doía mesmo tudo.

Segunda feira foi igual, mas agora já me fui medicar. Terça feira: As dores, lentamente, vão desaparecendo. Até já consigo "postar". Hoje até já penso - quando terei hipóteses de voltar a sentar-me num kart...

3 comentários:

Zig disse...

Ossos do ofício, hehehe!

Já não me meto em karts, já que, com o meu peso corporal, toda a gente me ultrapassa. Na última vez que andei nessas coisas fiquei nisso mesmo, na última!

JB disse...

meus caros... já diz o ditado... quem corre por gosto não cansa...

@Zig eu tambem na beleza dos meus 120 kilos sofro do mesmo, mas mesmo assim ainda atiro uns para fora de pista... e que fitipaldis ha muitos e de herois esta o cemiterio cheio ehehehe temos de jogar com as armas que temos ehehe

Olhos de mel disse...

Sei que a dor incomoda, mas deve ter valido a pena... Isso faz parte!
Beijos