sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Última hora - DAKAR ANULADO

É uma noticia triste noticia.... eis o comunicado:

A.S.O. anula edição 2008 do Rali Dakar

Após inúmeros contactos com o governo francês – em particular o Ministério dos Negócios Estrangeiros – e tendo em conta as suas fortes recomendações, os organizadores do Dakar tomaram a decisão de anular a edição 2008 da prova, que deveria decorrer entre 5 e 20 do corrente mês, ligando Lisboa à capital do Senegal.

Tendo em conta as actuais situações de tensão politica, a nível internacional, o assassinato de quatro turistas franceses, no passado dia 24 de Dezembro, atribuído a um ramo do Al-Qaida, no Magreb islâmico, e acima de tudo as ameaças, directas, lançadas contra a prova, por movimentos terroristas, a A.S.O. não pode tomar outra decisão que não seja a anulação da prova.
A primeira responsabilidade da A.S.O. é a de garantir a segurança de todos: populações dos países atravessados, concorrentes amadores e profissionais, sejam eles franceses ou estrangeiros, elementos da assistência técnica, jornalistas, patrocinadores e colaboradores do rali. A A.S.O. reafirma que as questões de segurança não estão, não estiveram, nem nunca estarão em causa no rali Dakar.

A A.S.O. condena a ameaça terrorista que anula um ano de trabalho, de inscrições e de paixão para todos os participantes e diferentes actores do maior rali-raid do mundo. Consciente da imensa frustração, vivida, em particular, em Portugal, Marrocos, Mauritânia e Senegal, bem como entre todos os nossos fiéis parceiros, para lá da decepção geral e das pesadas consequência económicas, em termos de retorno directo e indirecto, para os países atravessados, a A.S.O. continuará a defender os valores que caracterizam os grandes acontecimentos desportivos e prosseguirá com a mesma determinação o desenvolvimento das suas acções humanitárias, através das Actions Dakar, implantadas depois de cinco anos em África sub-saariana com SOS Sahel Internacional.

O Dakar é um símbolo e nada pode destruir os símbolos. A anulação da edição 2008 não coloca em causa o futuro do Dakar. Propor, em 2009, uma nova aventura a todos os amantes dos rali-raid é um desafio que a A.S.O. irá assumir nos próximos meses, fiel à sua presença e paixão pelo desporto.

8 comentários:

Luz disse...

Eu sou uma leiga nesta matéria e como tal gostaria de entender uma coisa:

Não havia solução? Tinha mesmo de ser anulado?

O governo francês desaconselhou que se passasse pela Mauritânia (só e apenas), e não havia volta a dar, mesmo que passasse por um adiamento em dias por forma a estudar alternativas à Mauritânia?

Deve ser uma desilusão tremenda... Então para os pilotos...

Luz

Zig disse...

Tu então que adoras ralis deves estar mesmo desapontado com toda essa situação!

Rubina disse...

Também me surpreendeu, embora nem siga a prova. Mas se calhar é melhor assim. Beijinhos :)

Lumife disse...

Os motivos invocados devem ter um suporte bastante forte para a decisão ser tão drástica.

Acho que já está em estudo nova versão do Rally para o próximo ano o que não invalida o prejuízo criado e a desilusão dos apaixonados por esta prova.

Um abraço

RCataluna disse...

Custa, não é? Ainda estou em choque...

Abraço!

Bento disse...

Bem deve ter sido o maior balde de água fria para os aficionados do Dakar dos últimos tempos!!!
eu ainda não consegui entender a anulação...
Abraço

Plum disse...

Que mundo este....

Abraços!***

Felipe Maciel disse...

É lamentável, uma pena, mas não tinha jeito...