sábado, 31 de maio de 2008

Vai uma musiquinha?

Tenho andado com esta música na cabeça. Adoro ouvir a harmonia de tantos instrumentos juntos... ou, como eles não chegam a fazer falta para uma grande, ENORME, música.



Esta senhora tinha tanto de talento como de destrambelho. Os seus excessos levaram-na, inevitavelmente, à morte.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Não extaxione...

Ok. Percebi e não EXTAXIONEI.
Imagem captada dia 25 de Maio, junto à povoação da Cabeça Gorda.
(foto: jocasipe)

Transibérico 2008

Domingo. 25 de Maio. O Rali Transibérico regressou aos campos do Baixo Alentejo. Ficam algumas imagens dos Gloriosos Malucos das Máquinas Voadoras.



(fotos: jocasipe)

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Rali Transibérico 2008 volta ao Baixo Alentejo

Já disponível o percurso da 5ª etapa do rali Transibérico 2008 (25 de Maio), toda ela realizada no concelho de Beja.

Pelo que se pode observar, o percurso é praticamente idêntico ao do ano passado, o que por si só promete muita luta e emoção nas pistas do Baixo Alentejo. Espero que o rali não chegue cá já decidido, para que a competição chegue pura e dura.

Esperam-se os maiores nomes da actualidade, bem como as equipas de fabrica da Wolkswagen e da Mitsubishi, com os novos Pajero Diesel. Embora nesta data ainda não exista lista de inscritos, de certeza que não faltarão os nomes mais importantes do panorama nacional e internacional.

Não me esqueço que em 2007 que tive oportunidade de estar à conversa com alguns pilotos, e fiquei com um carinho muito especial por Colin McRae. Infelizmente já não me irá proporcionar o imenso prazer de apreciar o seu virtuosismo nos campos do Baixo Alentejo.

Todas as informações da prova estão no site oficial do transibérico.



25 de Maio
5ª ETAPA – ÉVORA / BEJA / ESTORIL

ZE 1 – Quintos (Beja)
Situa-se próximo de Quintos no acesso da povoação à antiga estação. Os concorrentes, após cruzarem o asfalto, atravessam uma linha de água. Local com excelente visibilidade desde a ponte do asfalto.
Km 45
1ª Passagem – 09h05
2ª Passagem – 13h00


ZE 2 – Cabeça Gorda (Beja)

Situa-se próximo da povoação Cabeça Gorda, junto ao campo de futebol. Os concorrentes chegam numa zona rápida a uma curva à esquerda em asfalto que poderá proporcionar alguns momentos espectaculares.
Km 98
1ª Passagem – 09h35
2ª Passagem – 13h40


ZE3 – Trindade (Beja)
Situa-se próximo da povoação Trindade, junto ao IP2 – (Beja / Ourique)O percurso circunda a povoação, o que permite vários pontos de observação. Destaca-se o local mais próximo da povoação a Oeste da mesma, numa zona de condução muito técnica.
Km 122
1ª Passagem – 09h50
2ª Passagem – 13h55

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Rally de Portugal 2008

Sai hoje para a estrada a edição 2008 do Rally de Portugal. Naturalmente não vou perder, e irei assistir in loco à prova. Hoje temos o prólogo (18H00 RTPN) e a partir de amanhã a competição a sério! Troços no Algarve e Baixo Alentejo.

Guia do Rally aqui.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Orgulho e revolta

Orgulho e revolta, dois sentimentos que senti em simultâneo. A história conta-se rapidamente:

Álvaro Parente, vencedor em 2007 da World Series by Renault, conseguiu um lugar de piloto na equipa de GP2 Supernova. A GP2 é a antecâmara da Formula 1, e os seus grandes prémios estão incluídos no programa da Formula 1. A primeira prova decorreu em Barcelona.

O Álvaro fez uma prestação espectacular, 2º lugar na grelha e vitória na corrida! Adorei. Primeira prova, primeira vitória. E o mundo da Formula 1 a olhar para ele. Fiquei orgulhoso das cores lusas. Aguardei pelo pódio para ouvir o hino nacional, e ver a bandeira no lugar mais alto e.... fiquei incrédulo.

A bandeira Portuguesa mais não era que dois trapos cosidos à pressa, pois no circuito de Barcelona não existia a bandeira de Portugal.






(foto daqui)

Espero por uma retaliação. Que o próximo Espanhol que vença alguma corrida em Portugal veja outro trapo cosido, vermelho e amarelo. Se possível roto!

Ainda o MOTO GP

O Autódromo do Estoril recebeu a mais importante prova do ano. O Moto GP. Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa e outras estrelas do mundo das duas rodas mostraram porque são os melhores do mundo no que fazem. Um espectáculo que adorei.


Provavelmente esta foi a minha melhor fotografia. Em plena recta da meta não é fácil apanhar em condições os pilotos que rodam perto dos 300 km/h.





Nem só de motos se alimenta o espírito... Também há outros motivos de interesse, que merecem um "boneco".